BeRuby

Embaixadores

segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2014

Bucket List (2007)

Filme com duas das maiores estrelas de Hollywood, o popular Morgan Freeman e o galardoado Jack Nicholson, Bucket List é um filme que reflecte sobre a vida, mas de forma pouco profunda, não nos dando muito conhecimento sobre as personagens, sofrendo o filme com isso. Não deixa de ser um filme engraçado, mas fiquei com a ideia que podia ser mais que isso.

domingo, 26 de Janeiro de 2014

American Hustle (2013)

Filme "preparado" para receber muitos óscares, devido a interpretações muito boas e ao guarda roupa, mas em que termos de qualidade e densidade do enredo deixa um pouco a desejar. Talvez o hype contribua um pouco para isso, mas fiquei com a ideia que não é tão bom como é anunciado.
O filme é baseado (loosely based) numa operação do FBI dos anos 70, que tentava desmascarar a corrupção existente em todas as camadas da política americana. Esta operação contou com a ajuda de dois "con artists" e é esse o motivo de terem realizado o filme, pois operações da polícia há muitas.
Interpretado por Christian Bale (ganhou dezenas de quilos para o papel), Bradley Cooper (excêntrico, como ele diz), Jennifer Lawrence (menina bonita de Hollywood), Amy Adams (39 anos mas decote arrasador) e Jeremy Renner. Participação especial e curta de Robert de Niro (mobster, para não variar).

quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014

The Postman (1997)

Gostei bastante deste filme. The Postman é uma grande história de esperança e fé num futuro melhor e em acreditar que tudo será melhor se lutarmos para que isso aconteça. Numa América pós-apocalíptica, nada é como era e é a ditadura de um grupo restrito quem dita as leis. Até que Kevin Costner (no papel principal de Postman) foge deste grupo e torna-se o portador de boas notícias e da esperança que todos pensavam já não existir. Mesmo ele tinha dúvidas a certo ponto, mas depois percebeu que era o líder que fazia falta da parte dos "bons".
Grande história de heroísmo e resistência à tirania.

Como disse lá alguém perto do final, para que a revolução nasça é preciso que (muita) gente morra!

segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

Salt (2010)

Evelyn Bourne , hum.. desculpem, Evelyn Salt é uma agente da CIA na divisão Russa. É resgatada da Coreia do Norte depois de ter sido lá presa e passado uns tempos é confrontada com uma visita às instalações secretas de um fugitivo russo que quer contar um segredo.

Angelina Jolie consegue trazer muita coisa a um filme, e essa é a principal razão para se ver este filme. Não é mau; tem dinâmica e a história até nem é daquelas que se sabe de cor. Mas tem muitos clichés, muitos exageros, tipicamente filme de acção.
Foi curiosamente nomeado para um Óscar, na categora de efeitos sonoros.
Angelina Jolie, se foi ela a fazer as cenas de acção, e ao que parece foi, está tão diferente da Lara Croft..

Nota 6

quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Casablanca (1942)

Um dos clássicos do cinema, Casablanca foi realizado durante a II Guerra Mundial, numa altura em que o III Reich ainda comandava o seu destino. Em Marrocos o domínio francês foi subjugado pelos alemães e estes passeiam-se livremente por Casablanca. Mas no Rick's Café, é Bogart que com os contactos certos e com o bolso recheado quem manda. A história acaba por nos contar que ele tem uma história de amor com Ingrid Bergman e é a partir daí que o filme se desenvolve. A questão da Guerra é apenas o cenário e o espaço, mas no fundo é uma história de amor.
Cheia de frases que ainda hoje são lendárias, Casablanca oferece-nos imagens e diálogos inesquecíveis e performances de topo.

Ganhou naturalmente o Óscar de Melhor Filme, de Melhor Realizador e de Melhor Argumento.