BeRuby

Embaixadores

sábado, 9 de abril de 2011

There Will be blood (2007), por Bruno

ThereWillBeBloodMoviePoster

“I am a sinner.”

There will be blood é, para mim, um dos filmes mais difíceis de falar. Deixa-me sem palavras. E é sem palavras que escrevo o que acho deste filme. A incapacidade de encontrar palavras se é que estas existem é impossível para mim. Ou, pelos menos, difícil. Ver a interpretação de Daniel Day-Lewis é como cair num fosso escuro. Não conseguimos proliferar som porque queremos saber o fim do fosso. Não falamos porque nos queremos ouvir pensar no que nos está a acontecer. E é isto. P.T. Anderson é um génio, nós já sabíamos. Que Daniel Day-Lewis é um mestre da representação nós sabíamos, também. E There will be blood não é o melhor filme de sempre. Mas sabemos que está lá perto.

nota 10

5 comentários:

DiogoF. disse...

That's pretty much it ;)

Juliana Ferreira disse...

Adorei o blog. É mais disto que precisamos neste país.
Se quiserem passar pelo meu, estejam à vontade. Estou a oferecer dvd's originais e selados.

www.cinemofilia.blogspot.pt

Continuem o bom trablho.

Nuno Pereira disse...

Talvez não concorde muito em relação ao melhor filme de sempre... mas em relação ao Daniel Day-Lewis... pá é a melhor interpretação de sempre! Arrepiante!

ArmPauloFer disse...

Estou em sintonia com o Nuno Pereira, pois não fiquei assim tão arrebatado com o filme mas o Daniel Day-Lewis é impressionante, que transformações este grande actor consegue fazer nos filmes.

Obs: acho muito interessantes estas mini-criticas... eu bem que tento dizer pouco mas acabo sempre por me alongar. Fixe.

Bruno Cunha disse...

Obrigado Armando. Às vezes os filmes não precisam de muitas palavras, outras vezes deixam-me sem palavras, como este.