BeRuby

Embaixadores

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Matrix Reloaded (2003)

Segundo capítulo, desta vez com mais acção ainda, com Neo já em estado acabado, uma máquina perfeita, o autêntico Super Homem. Ficamos também a saber vários aspectos da história, é-nos apresentada Zion, a última cidade, Trinity continua belíssima e.. é um filme cortado a meio. Está bem que saíram no cinema no mesmo ano, mas aquele final deixa muito a desejar.

Os Agents Smith repetidos, principalmente naquela cena no beco, é surreal.

Loot e ArmPauloFer, não tenho a vossa visão temporal sobre Matrix (quando dizem que mudou o cinema), talvez porque não o vi na altura e sim agora. Mas respeito bastante a vossa opinião claro, e agradeço a vossa participação.

1 comentário:

ArmPauloFer disse...

Ahhh, sim e obrigado pela menção.

Há muita coisa que irás ouvir/ler a dizerem muito mal sobre esta sequela, por aí. O que eu posso dizer, é que além de até teres sucintamente descrito bem, este é de todos os 3 filmes, aquele que talvez mais vezes já tenha visto em DVD.
Adoro imenso o Reloaded, é um grande entretenimento, consegu ser mind-blowing, consegue aliar os conceitos do mundo informático como a própria construção de ideias para o argumento (a ponto de eu poder dizer que Reloaded é mais software e que Revolutions é mais hardware).
Gosto mesmo muito deste apesar de ter noção que as sequelas perante o filme original nem seriam necessárias e não o suplantam.

(E eu até os tenho repetidos em DVD (e não vendo).)
http://armpauloferreira.blogspot.pt/2009/06/matrix-10-anos-depois-continua-vigoroso.html