BeRuby

Embaixadores

sábado, 20 de outubro de 2012

The Matrix Revolutions (2003)

Apesar de dar 8 aos três, fico com a ideia que a qualidade foi ligeiramente decrescendo. Neo fica cego, Trinity morre, o destino de Neo não se conhece.. Aspectos que não valorizam o filme, na minha opinião. E sinceramente não percebi muito bem o final.
Quanto às características, são semelhantes nos três. O estilo é inconfundível e marcante. Há referências bíblicas e outras.
A cena da luta final entre Smith e Neo é o espelho da trilogia.
Apesar de não comungar da aparente maioria que consagra Matrix, não desgostei de ver a trilogia (não sendo eu adepto de acção).

2 comentários:

ArmPauloFer disse...

É um filme que tem muita coisa interessante, diversas conclusões sobre o mundo Matrix, (ver o Animatrix ajuda a perceber melhor este mundo, pelo menos como tudo começou e até de certa forma que nem sempre as máquinas estariam contra os humanos - uma parte precisa da outra), é de todos o que menos vezes revi.
Tem partes boas mas já piscam o olho ao que se viu antes na saga.
É o menos conseguido e a verdade é que a sensação de insatisfação reinou na altura. Culpa do poderoso marketing que rodeou este capitulo final (a tagline "Everything that has a beggining has an end!" era super convidativa junto dos trailers)...

Loot disse...

Poucos são os que consagram Matrix enquanto trilogia. O único que é considerado uma obra-prima, uma referência é o 1º que nem precisava de sequelas. Na altura aquilo soube a um final.

Depois decidiram explorar e o Reloaded tem coisas mto boas. Mas, de uma forma geral, sim, a qualidade decresce de filme para filme.

Ainda em relação ao primeiro e às suas influências. Na altura as cenas de acção em slow motion eram aos pacotes. Então aquela em que o Neo se desvia das balas, apareceu no aranha entre muitos outros.

Vi o Matrix uma série de vezes, os outros apenas uma, ver se regresso a este universo.
O animatrix tem coisas excepcionais é altamente aconselhado.